Senador Canedo realiza a primeira testagem ampliada da Covid-19 em 2021

Primeira etapa de testes aconteceu no Jardim das Oliveiras. Segunda testagem ampliada será na Praça Criativa Central, no Conjunto Uirapuru

A prefeitura de Senador Canedo realizou, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), nesta sexta-feira (19), na Praça Criativa do Jardim das Oliveiras, a primeira testagem ampliada do ano. A iniciativa tem como objetivo identificar infectados pelo novo coronavírus e isolar esses casos positivos, para diminuir o contágio da doença.

O Jardim das Oliveiras foi escolhido por conta do alto índice de notificações de casos de infecção pelo Sars-CoV-2. Segundo a diretora de Vigilância em Saúde do município, Flávia Régia Miranda, a testagem é importante para agir preventivamente contra a Covid-19. “As testagens são realizadas nas regiões onde há maior número de casos e internações. É importante testar, identificar os casos positivos e quebrar essa cadeia de transmissão. Com isso, é possível diminuir o número de internações”, explicou a diretora.

Durante essa primeira etapa, foram realizados 447 testes. Destes, 46 testaram positivo e 401 testaram negativo.

A segunda etapa será realizada na sexta-feira (26.02), na Praça Criativa Central. Pessoas a partir de 12 anos, que comprovarem moradia em Senador Canedo podem realizar o teste, que não precisa ser agendado. Para testar, basta levar documento de identificação, cartão SUS e comprovante de endereço.

As pessoas que testam positivo são encaminhadas a unidades de saúde para realizar avaliação médica. Dessa forma, o paciente é assistido pela equipe, que constata a condição da doença e o tratamento a ser seguido. Além disso, os profissionais reforçam recomendações para isolamento social, afim de conter a disseminação do vírus, e marcam a data para a realização de um novo teste.

Pessoas que apresentarem algum sintoma podem solicitar a testagem em qualquer dia da semana. Basta procurar as unidades de referência no município: o Hospital de Enfrentamento à Covid-19, na Região Central, ou o Pronto-Socorro do Parque Alvorada, na Região do Jardim das Oliveiras.

Sobre o teste

O teste é feito com o exame de antígeno molecular (RT-PCR), considerado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como “padrão ouro” na identificação do vírus Sars-CoV-2, causador da Covid-19. Trata-se de uma haste flexível (swab), que é colocada no fundo do nariz, para coletar amostras de secreções respiratórias, e constatar se existe a presença do material genético do vírus.

Texto: Magdiel Rezende
Fotos: Lucas Monteiro