Senador Canedo , cem dias de muito trabalho e muitos resultados

A administração atual encontrou o Município com problemas sérios em todas as áreas, mas tem conseguido soluções rápidas

A Prefeitura de Senador Canedo completa 100 dias de gestão do prefeito Fernando Pellozo neste sábado, dia 10. A data marca uma mudança na forma de administrar o município e é celebrada com ações e muito trabalho do poder executivo. Com isso, uma nova estrutura administrativa surge na cidade, trazendo a proposta da retomada do desenvolvimento econômico e social do Município.

Os primeiros dias, após a posse, foram de reestruturação e trabalho, voltados para amenizar problemas existentes, como compromissos financeiros, pagamentos de servidores municipais e prestadores de serviços que não foram cumpridos no ano anterior. Prédios públicos passaram por vistorias, ganhando algumas reformas e até mesmo novas formatações para atender com mais qualidade a população. A Infraestrutura também tem recebido atenção da atual gestão. São muitas equipes trabalhando para tapar os inúmeros buracos nas ruas e os trabalhadores da Sanesc atua dia e noite para resolver o problema crônico da falta de água.

Em meio a Pandemia, foram traçadas ações que atendessem de perto, e com mais agilidade, o trabalho na Saúde Pública e também na atenção e cuidados com a assistência social. No combate à Covid-19, a fim de evitar a proliferação do novo Coronavírus, uma readequação foi realizada junto as unidades de forma que trouxessem mais proteção aos pacientes e também aos servidores destes locais.

Mais de noventa novos leitos exclusivos para UTI foram instalados no município, em menos de três meses de governo, incluindo vagas exclusiva de UTI, semi-UTI e enfermaria. Além de ações de testagem ampliadas realizadas em todas as regiões da cidade e o trabalho constante de vacinação contra a Covid-19. A prefeitura também distribuiu máscaras e álcool 70% gratuitamente para usuários do transporte coletivo.

“São apenas 100 dias, mas já temos muito trabalho para mostrar. Na Saúde, nós saímos de zero leitos para pacientes com Covid-19 e fomos para mais de 90 leitos. Realizamos mais de 22 mil testes de coronavírus e até o momento aplicamos mais de 12 mil doses de vacina. Também retomamos os atendimentos de Saúde, que estavam parados, realizando mais de 10 mil consultas médicas e mais de 8 mil exames e cirurgias”, explicou o prefeito Fernando Pellozo.

Infraestrutura e trabalho intenso

A atual gestão encontrou Senador Canedo com sérios problemas de infraestrutura, principalmente no asfalto e prédios públicos. Foi preciso, inclusive, transferir o atendimento de algumas unidades de Saúde para outras, até que a Prefeitura finalize uma reforma geral desses locais mais problemáticos.
Para melhoria do desenvolvimento urbano da Senador Canedo, trazendo mais qualidade de vida aos moradores, a infraestrutura tem sido pensada, neste primeiro momento principalmente nos Serviços Urbanos, priorizando limpeza. Demais projetos já foram apresentados, e outros estão sendo elaborados, para retomadas de grandes obras, incluindo as paralisadas, e novos investimentos que trarão grande impacto para a cidade.

“Nesses 100 dias a Prefeitura, por meio da Secretaria de Infra Estrutura, já recolheu mais de 85 mil toneladas de entulho das ruas e lotes baldios do Município. Entre coleta de entulho e de galhadas, a prefeitura realizou cerca de 7 mil viagens de caminhões truck na limpeza de Senador Canedo”, contou Fernando Pellozo.

Em relação aos buracos no asfalto, o prefeito contou que a meta é realizar uma grande operação de recapeamento pois, segundo ele, apenas o tapa-buraco já não é mais a solução para muitas ruas do Município. “Vamos recapear essas vias onde o tapa-buraco não resolve mais. Só que, enquanto isso, temos trabalhado todos os dias em operações de recuperação das ruas. Para se ter uma ideia já aplicamos mais 1 milhão e 400 mil toneladas de massa asfáltica, e esse número aumenta todos os dias, pois encontramos a cidade tomada por buracos”, esclareceu Pellozo.

O cuidado com as famílias, principalmente nesse período da Pandemia, tem sido uma prioridade da Prefeitura. Já nos primeiros dias, cem famílias foram assistidas com mantimentos e a ação tem sido contínua. Junto a isso, para que haja a inserção e reinserção no mercado de trabalho, parcerias têm sido feitas para a realização de cursos de profissionalização para jovens e adultos e encaminhamento para o mercado de trabalho. Até março a Prefeitura já havia direcionado mais de 1 mil e 600 pais e mães de família para o mercado de trabalho.

A Secretaria Municipal de Assistência Social tem acompanhado de perto a situação das famílias canedenses. Mais de 6 mil atendimentos já foi realizado pela Pasta e até o momento mais de 1 mil cestas de alimentos foram distribuídas para famílias em situação de fragilidade social. Outras 4 mil cestas serão entregues nos próximos dias. Além disso, muitos outros benefícios eventuais, como cobertores, gás de cozinha e enxovais foram distribuídos para a população.

Outro grande problema encontrado pela atual gestão, e que está sendo normalizado, é a constante falta de água. A reclamação dos moradores é antiga, mas o prefeito explica que a Prefeitura tem apresentado um plano de ação com medidas a curto, médio e longo prazo para resolver a questão de forma definitiva. “Já recuperamos e retomamos a manutenção de todo o sistema de água do Município. Para se ter uma noção, o sistema operava com apenas 40% de eficiência e hoje já atingimos mais 80%. E é só o começo. Isso foi possível com o trabalho de recuperação de 13 bombas de água e ativação de 16 poços artesianos. Também foi iniciado a ativação da rede elétrica do sistema de captação, que em sua maioria ainda funcionava com motores à diesel. Com isso, nossa capacidade de vazão e tratamento de água saiu de pouco mais 400 metros cúbicos por hora para mais de 1 mil metros cúbicos por hora.