Projeto Vira Vida inicia processo seletivo em Senador Canedo

Este ano cerca de 80 jovens participam do processo seletivo, desenvolvido pelo Sistema S (SESI-Senai), que tem como objetivo resgatar jovens em situação de risco e vulnerabilidade social, por meio de valores ofertados pela oportunidade de estudo e inserção no mercado de trabalho. Ao todo, 80 alunos estão inseridos nesta seleção, que contará com cursos de qualificação profissional, programa de desenvolvimento humano e reforço escolar.

Durante todo o projeto, os alunos serão avaliados com base em critérios, como assiduidade e pontualidade e, de acordo com os resultados, serão indicados aos parceiros para possíveis inserções no mercado profissional.
O foco do projeto é transformar a realidade de crianças e adolescentes, entre 14 e 21 anos, em especial aqueles que sofrem violência sexual. Por meio da educação profissional, o jovem tem a possibilidade de superar os problemas sofridos, continuar os estudos e se qualificar profissionalmente, o que gera uma mudança de vida radical em cada um dos participantes.

Para a gerente de Diversidade Sexual Yane Ribeiro, o projeto além de garantir os direitos de cada indivíduo, o programa também cria condições necessárias para que os jovens desenvolvam carreiras e alcancem autonomia. “O Vira Vida é um processo de valorização do indivíduo. Nós o acolhemos e entendemos os seus problemas e necessidades, de forma a oferecer as melhores oportunidades possíveis para que eles enxerguem o potencial que têm e passem a voar”, explica.
A gerente da Diversidade, em sua fala agradeceu ao Sistema S (Sesi-Senai) e aos conselheiros do município, pelo apoio ao projeto Vira Vida.