Prefeitura de Senador Canedo reconstrói ponte que liga a zona rural do Município à Caldazinha

A ponte que havia caído em decorrência de um acidente com um caminhão, no mês de fevereiro, e precisou ser reconstruída. Travessia vai beneficiar toda população da Região

Nesta sexta-feira (9), a Prefeitura de Senador Canedo, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Urbanos (Seinfra), entregou para a população ponte na região Vargem Grande, que liga a zona rural do Município de Senador Canedo à Caldazinha. A travessia havia caído em decorrência de um acidente com um caminhão e precisou ser totalmente reconstruída.

No período em que ficou sem a ponte, os moradores da Região precisavam passar por dentro de outras chácaras, e chegaram a improvisar uma passagem. “Só quem acompanhou desde o início, sabe a importância dessa obra”. disse a secretária de Infraestrutura, Patrícia Rodrigues.

“Eu que passei todos esses dias carregando sacos pesados nas costas, tendo que passar pelo outro lado, tenho o sentimento de alegria porque a ponte ficou muito melhor, mais reforçada. Só quem mora na zona rural sabe a importância de uma ponte assim”, disse seu Raimundo, morador da região, que soltou até fogos para comemorar a obra.

A ponte é o único meio de acesso, dos quase vinte moradores da região, entre a cidade e chácaras vizinhas. Para dar mais segurança na travessia, a estrutura foi totalmente refeita, mais resistente e com capacidade de 8 toneladas. Ela também está mais alta e encabeçada, o que antes não existia. O vereador e Presidente da Câmara Municipal, Carpegiane Silvestre, que estava no local e acompanhou a entrega da ponte, ressaltou a importância de serviços como esses. “Esse, sem dúvida, é um trabalho fundamental”. Disse.

O prefeito Fernando Pellozo participou de todo o processo de construção da travessia e fez questão de estar presente na entrega da ponte para a população. “A gente agradece a paciência da população e parabeniza a equipe da Seinfra por este trabalho. Agora as coisas vão voltar ao normal aqui nessa Região.” Pontuou